Maniva a deusa da farinha

A farinha de mandioca é a camada primitiva, o basalto fundamental na alimentação brasileira”. Camara Cascudo

Depois de 16 dias em Belém do Pará, me tornei uma apaixonada por farinha e seus desdobramentos. Desde a tapioca, o beijú, a farinha d’água de sabor peculiar e até suas misturas com côco, que são incríveis.

A mandioca estimula imaginários diversos e a história que mais me tocou, foi de MANI! Uma menina, nascida numa aldeia indígena. Era tão alva, distintas dos seus irmãos , de olhar meigo, cheia de  delicadezas. Infelizmente morreu cedo. Por tradição, a criança, foi enterrada dentro da casa indígena – oca. E desse sepultamento, nasceu as primeiras raízes de MANI, nascida dentro da OCA. Mandioca, de Mani-oca, a casa de Mani.

E hoje, nasceram minhas Manivas, minha ode a Mani, a mandioca!

#salveamandioca #salvemani #salveopará #ceramicapatriciahenriques #deusa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s